Paris é um dos destinos mais românticos e charmosos do mundo. A capital da França é uma das cidades mais visitadas da Europa, passando na frente de Londres e Veneza, e sua riqueza cultural e histórica é imensa. Rafael Libman diz que a cidade é uma das mais importantes e influentes do mundo. 

Isto não é um exagero. Tudo o que dizem sobre Paris é verdade. Na vida dos visitantes, poucos lugares no planeta são tão marcantes para serem marcados como um antes e depois na vida. A Cidade Luz é cortada pelo rio Sena e consiste em múltiplas camadas. Não existe uma Paris, existem várias. A Paris das artes, da alta moda, boemia, gastronomia, fotografia e etc.

A cidade é dividida numa espécie de escargot e para se orientar lembre-se de que a cidade está dividida em 20 distritos, que são distritos em espiral. Rafael Libman explica que eles são numerados a partir do centro da cidade – isso significa que quanto menor o número, mais próxima a área estará de tudo. Agora que já sabe um pouco da cidade, saiba como aproveitá-la. 

Paris, além de ser um museu ao ar livre, oferece inumeráveis lugares, além dos mais clássicos, para visitar e se perder. Uma boa forma de explorar este ambiente menos turístico começa pelo 19º. O local é o Parc de la Villette, que substituiu o matadouro que ali existia até os anos 1970. Depois, seguindo pelas margens do canal, é possível comer um delicioso sanduíche de cordeiro e beber uma IPA escura na cervejaria Paname Brewing Company, que tem o terraço super disputado em dias de verão. Além disso, os amantes de arquitetura vão adorar conhecer a construção de Oscar Niemeyer, o edifício do Partido Comunista Francês, que lembra uma nave espacial. 

Para curtir cada pedacinho da cidade, Rafael Libman diz que ao planejar a viagem, você deve se atentar ao clima, que por sorte é bem demarcado. Além de levar euros ou dólares, para trocar no câmbio, mas nunca real, pois não vale nada lá. O metrô, apesar de pequeno (menor que o de Roma) é muito útil para andar entre as camadas de Paris. A melhor notícia é que a França não exige visto para brasileiros, permitindo que a estadia no país seja de até 90 dias. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui