Fernando Siqueira Carvalho
Fernando Siqueira Carvalho

Fernando Siqueira Carvalho é um grande admirador de veículos clássicos e tem como hobby desvendar a história dos modelos mais marcantes que já passaram pelo mercado automotivo. Sendo assim, neste artigo, Fernando Siqueira Carvalho revela a história do imponente Maverick, trazido pela Ford para enfrentar o Opala em 1973.

Tratava-se de um cupê com valor extremamente acessível nos Estados Unidos (cerca de 2.000 dólares). Fernando Siqueira Carvalho explica que o modelo apresentava uma performance péssima (0 a 100 km/h em 20 segundos) e contava com um espaço 2×2 nos bancos traseiros, sendo considerado grande por fora e ridiculamente pequeno por dentro, além de não ser nada econômico.

Segundo o entusiasta, o modelo foi produzido no Brasil entre 1973 e 1979, e acredite ou não, não foi um sucesso. Fernando Siqueira Carvalho conta que o único modelo que se sobressaltou entre o imenso festival de fracassos da linha foi o Ford Maverick GT com motor V8, conquistando admiradores até os dias atuais.

O Ford Maverick GT V8 possuía um motor moderno 2.3, diferente de seus antecessores que utilizavam um motor Willys que não gerava um bom rendimento. Entretanto, Fernando Siqueira Carvalho explica que o modelo não foi forte o suficiente para tomar o lugar do Opala, queridinho da época, tendo seu fim decretado em 1979, seis anos após seu lançamento.

Fernando Siqueira Carvalho conta ainda que, atualmente, o Ford Maverick V8 custa cerca de R $150 mil a R $200 mil no mercado de carros antigos, considerado o único entre os Mavericks que ‘deu certo’ para a população Brasileira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui